Mais de 5 anos levando Informação e Entretenimento para você!

Fb. In. Tw. Yt.

Landing            Equipe            Contato

A atuação excelente no primeiro tempo contra o Guaraní e mesmo as 23 finalizações com a soma das duas etapas não permitem apagar o fato de que a eliminação corintiana se deu por não conseguir jogar fora de casa no mesmo nível de Itaquera.

A desclassificação se deu pela falha de Cássio, na cobrança de falta de Fernando Fernández, também pela expulsão de Pedrinho, mas principalmente porque o Corinthians jogou mal em Assunção.

Essa lembrança serve também para que se coloque na lista da evolução necessária o que se fará fora de casa. O Athletico, de Tiago Nunes, não ganhou nenhuma partida como visitante na Libertadores, e mais tarde, ganhou a Copa do Brasil dentro do Beira-Rio, contra o Internacional.

Em campo, em casa, o Corinthians demonstrou versatilidade tática, ao permitir os deslocamentos de Luan, na esquerda, e Pedrinho, da direita para o centro.

Por muitos momentos, a movimentação dos dois meias lembrou o velho sistema 4-2-2-2 usado no Brasil dos anos 1990. Como se fossem Marcelinho e Ricardinho, do time bicampeão brasileiro de 1998 e 1999 e mundial de 2000.

Postar um Comentário

You don't have permission to register