É dada a largada para o carnaval em Cordeirópolis

“Que ti ti ti é esse, que vem da Sapucaí? Tá que tá danado, tá cheirando a sapoti”. É neste clima do popularizado samba enredo de Dominguinhos do Estácio que Cordeirópolis já entrou no clima da festa mais popular brasileira: o Carnaval! Os preparativos deram início no último domingo (26) em um evento promovido pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura na Praça Central da cidade. Tudo começou logo pela manhã com muitas gargalhadas e apresentações circenses da companhia “Domingão da Estação” que levou muita alegria para a criançada. Após às 14h foi o som da bateria que tomou conta de todo o espaço. O cavaquinho e o pandeiro do grupo “Acadêmicos do Samba” relembraram os antigos carnavais e também o axé e as melodias que fazem sucesso na folia carnavalesca.

Denominado de “Praça das Artes” o ponto alto desta edição foi o desfile que elegeu a nova corte momesca do CarnaFamília 2020. Samba no pé, simpatia e beleza foram os quesitos principais que elegeram a nova rainha, Layla Penas, o rei momo, Wilian Estevo e rainha da velha guarda, dona Geralda Pinke. Após o resultado foi a vez das quatro Escolas de Samba de Cordeirópolis apresentarem seus enredos e coloram suas baterias para sacudir o centro da cidade.

“Haja coração” a Escola Leão Dourado veio com uma das torcidas que até quem não samba, sambou e foi a primeira a se apresentar. Com o enredo “Leão Dourado… e um enredo bem aventurado” a agremiação falou de fantasias, desvendar mistérios e aventuras na floresta e no reino animal.

Em seguida, foi a vez de uma das escolas mais tradicionais do carnaval cordeiropolense. Com mais de 30 anos de história, a Carga Pesada mostrou o enredo “Deuses do Egito e suas histórias mitológicas”, que promete atrair a atenção do público nessa luta “entre o bem e o mal” transformada em folia nesse carnaval.

O Acadêmicos do Bráz trouxe muita música e ousadia para o evento. Os sambistas, ritmistas e cantores vieram com toda a ascendência em um enredo que falou sobre resistência, preconceito, respeito e religiosidade. “Axé… a força do meu canto tem axé”, este é tema que irá fazer uma viagem ancestral na Avenida do samba no dia do carnaval.

Finalizando as apresentações, foi a alegria da calorosa verde e rosa que tocou um samba e fez a galera “enlouquecer”. A estreante Escola de Samba Cachasamba cantou sobre sonhos e conquistas através da música em ritmos como o rock, o frevo, o funk, o sertanejo e claro o samba. Seu enredo é “Numa viagem musical…Cachasamba…um sonho que virou real”.

A data oficial do carnaval será entre os dias 21 e 25 de fevereiro a partir das 20h. A folia acontecerá na Rua Carlos Gomes no centro da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *