Mais de 5 anos levando Informação e Entretenimento para você!

Fb. In. Tw. Yt.

Landing            Equipe            Contato

Escola de Samba Acadêmicos do Braz vai falar sobre respeito e intolerância no carnaval 2020

A estreante Escola de Samba Acadêmicos do Braz já foi protagonista de vários blocos dos carnavais em Cordeirópolis. Sempre com um toque de ousadia em suas melodias, este ano a nova agremiação fará diferente em uma “viagem ancestral” ao continente Africano e vem com toda a ascendência para falar de um enredo sobre preconceito, religiosidade, respeito e resistência. “Axé, Axé… A força do meu canto tem axé” este é o tema do enredo que entoa a vontade de cantar, para superar o preconceito. O símbolo maior da Escola, o tigre traz com seu tambor, lição de fé, sem sucumbir vem sacudir, para exigir respeito.

Segundo o presidente da Escola, Junior Braz dos Santos (Juninho), o tema principal é a intolerância religiosa. Para ele, o foco é mostrar que todos têm o direito de praticar sua fé, mas sempre respeitando a fé do próximo. “Vamos falar sobre a chegada dos negros escravizados vindos da África que viram todas as suas características como sociedade, entre elas sua religiosidade, serem sobrepujadas pela cultura europeia colonizadora. Como em meio a toda a dificuldade eles conseguiram seguir com suas tradições vivas”.

Juninho ainda destacou que o surgimento da Escola de Samba originou de grandes desfiles como bloco e que a cidade como um todo sempre prestigiou e participou junto com os foliões, seja cantando enquanto assistia ou dentro da avenida. “Este ano vamos levar para o carnaval um desfile com 150 integrantes. Agora como escola é natural que essa expectativa aumente para todos e temos certeza que será um desfile marcante e vamos crescer a cada ano”, relatou o presidente.

Postar um Comentário

You don't have permission to register