Venda de flores em evento de Holambra será revertida para o Centro Boldrini

Durante o evento “Estufas Abertas” – nos dias 4 e 5 de abril -, voluntários do Centro Infantil Boldrini farão a comercialização das flores e plantas doadas pelos produtores por intermédio do programa de ações sociais “Flor com amor”, da Cooperativa Veiling Holambra, com renda integralmente destinada à instituição. O evento consiste em visitas guiadas a seis modernas fazendas produtoras de flores e às instalações da Faculdade de Agronegócios de Holambra (Faagroh) – primeira instituição brasileira de ensino superior com ênfase em horticultura. Produtores farão visita à instituição, em Campinas, na próxima sexta-feira, dia 13.

Em resposta às solicitações dos turistas que desejam adquirir flores e plantas quando da visita às fazendas de Holambra, a organização do evento “Estufas Abertas” disponibilizará diversas espécies e variedades para venda com o total da receita revertido para o Centro Infantil Boldrini, de Campinas, instituição que atende crianças com câncer e doenças do sangue.

O “Estufas Abertas” será realizado nos dias 4 e 5 de abril, das 9h às 17h, e consiste na visita guiada às plantações de seis modernas fazendas produtoras de flores e plantas ornamentais de Holambra, a 140 quilômetros da capital paulista, e às instalações da Faculdade de Agronegócios de Holambra (Faagroh) – primeira instituição brasileira de ensino superior com ênfase em horticultura. A ideia do passeio foi inspirada no “Kom in de kas!” (“Entre na estufa!”), um evento bem parecido que já acontece em diversas regiões da Holanda desde a década de 1970.

A venda será possível graças ao programa de ações sociais “Flor com amor”, da Cooperativa Veiling Holambra, que permite aos associados doarem suas flores e plantas para a comercialização por terceiros desde que a finalidade seja filantrópica. Os voluntários do Centro Infantil Boldrini realizarão a venda nos dias do evento na sede da Faagroh.

Visita ao Boldrini

Para motivar os produtores – participantes ou não do “Estufas Abertas” – a doarem as flores e plantas ornamentais para a comercialização durante o evento, está programada uma visita dos cooperados e dos funcionários do Veiling de Holambra ao Centro Infantil Boldrini para que conheçam os relevantes serviços que prestam à área da saúde em toda a região.

“Os turistas pediram aos produtores, no ano passado, que comercializassem as flores. Como são cooperados, a venda com o consumidor não pode ser direta, já que a comercialização cabe à cooperativa. No entanto, o programa social mantido pela Cooperativa Veiling Holambra permite que eles ofereçam os produtos e a instituição faça a venda e utilize a receita em prol das pessoas que assiste”, explica Margareth Pennings, da organização do “Estufas Abertas”. “Desta forma, atendemos o nosso visitante e contribuímos com o Centro Boldrini, que realiza um trabalho exemplar no atendimento a crianças com câncer”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *